A- A A+

facebookrss

Seminário final do projecto Quebrar Barreiras | Resumo

Reunindo ao longo do dia 28 de Maio de 2014 mais de uma centena de participantes, o seminário final do Projecto Quebrar Barreiras teve como anfitriã a autarquia de Almada, que graciosamente cedeu o Fórum Municipal Romeu Correia para acolher o evento.

Este foi um momento importante para, num mesmo espaço, reunirmos algumas das pessoas dos diversos grupos com os quais trabalhamos desde o início de 2013: pessoas idosas de associações de reformados, de centros de dia, as mulheres do centro de convívio do Projecto Alkantara com as quais realizamos o Tertuliar, estudantes das escolas secundárias com quem desenvolvemos a actividade Memórias Escondidas, mas também muitas/os profissionais e dirigentes de instituições que trabalham com população idosa nos concelhos de Almada, Lisboa e Seixal, amigas e amigos da UMAR, responsáveis das autarquias e investigadoras/es e peritas/os nas temáticas da gerontologia. Anne Marie Delettrez, Elisabete Brasil e Manuela Góis, peritas em Igualdade de Género, moderaram os vários espaços do Seminário.

Organizado em painéis, o Seminário começou por receber as boas vindas do vereador da Câmara Municipal de Almada, António Matos, bem como uma intervenção de Anabela Soares, da Câmara Municipal do Seixal, e a intervenção de fundo da Presidente da CIG, Fátima Duarte, tendo Teresa Sales, vice-presidente da UMAR dado as boas-vindas [pdfIntervenção - Teresa_Salles]. Depois, três estudantes da Escola Secundária Manuel Cargaleiro, do Seixal, que estiveram envolvidas/os na recolha de histórias de vida, André Gomes, Inês Costa e Margarida Freitas – alunas/os do professor Jacinto Bettencourt - leram duas histórias publicadas no livro Memórias Escondidas.

Ainda durante a manhã, desenrolou-se o painel Género e Envelhecimento que contou com os contributos de especialistas que têm investigado a temática. Pedro Moura Ferreira, do Instituto do Envelhecimento, dissertou sobre as noções de envelhecimento activo e intergeracionalidade, Heloísa Perista, do CESIS, aprofundou a análise para o que é envelhecer segundo uma perspectiva de Género e Maria João Quintela, presidente da Associação Portuguesa de Psicogerontologia, no seu peculiar estilo, cruzou as variáveis envelhecimento com saúde das pessoas idosas, numa desassombrada reflexão sobre o conceito de saúde.

De tarde, no painel sobre Violência Doméstica contra a Pessoa Idosa, intervieram José Ferreira Alves, da Universidade do Minho, responsável pelo estudo pioneiro nesta matéria, Elisabete Brasil, directora executiva da UMAR para esta área e Cristina Pires, coordenadora do Projecto QB, que apresentou as conclusões preliminares do estudo sobre "Denúncia da Violência Doméstica contra Pessoas Idosas".

O resto da tarde, após o intervalo para café, compreendeu uma mesa redonda mais informal, em que participaram representantes de entidades parceiras do Projecto: Cristina Dias, pela AURPITM do Seixal, Sónia Cruz, do Centro Social e Paroquial do Cristo-Rei, que integra o Grupo Concelhio de Idosos de Almada, Filipe Santos do Projecto Alkantara e Jacinto Bettencourt da Escola Secundária Manuel Cargaleiro. Pela equipa do Projecto, Luísa Rego fez um balanço da multiplicidade de públicos com os quais o projecto foi desenvolvido e das relações de parceria [pdfIntervenção - Luisa Rego - Balanço Projecto QB], e Cristina Pires encerrou com um conjunto de reflexões e conclusões sobre o envelhecimento segundo uma perspectiva de igualdade de género [pdfIntervenção - Encerramento - Cristina Pires].

A sessão terminou com a projecção de um pequeno filme que resume a actividade desenvolvida pelo Projecto Quebrar Barreiras – Envelhecer Segundo uma Perspectiva de Igualdade de Género ao longo dos meses, realizado por Carla Kristensen.

Fotos do Seminário Final do Projecto QB
(clique na imagem para aceder à galeria fotográfica)

galeria imagens

Diagnóstico

Newsletter - Janeiro - Junho 2014

Cartaz Grita UMAR

Logos--Cig-Poph-Qren-Port-FSE